Prefeitura Municipal de Grao Mogol

A cidade

O povoado Serra de Santo Antônio do Itacambiraçu, atual Grão Mogol, teve sua origem relacionada à descoberta de diamantes no final do século XVIII. No ano de 1839, o lugarejo era chamado de Arraial da Serra de Grão Mogol e logo passou a atrair pessoas do país e estrangeiros (portugueses, franceses, alemães, entrelém de outros europeus), que, provavelmente, atuavam na exploração de diamantes.

O local passou a destacar-se por movimentar o comércio de diamantes explorados inicialmente de forma clandestina. Isso passou a incomodar a Coroa Portuguesa que logo enviou um representante para assumir o controle da exploração e comercialização dos diamantes. No ano de 1840, o arraial evolui para Vila Provincial e no mesmo ano foi transformado em Distrito.

Só no ano de 1858, Grão Mogol recebeu a categoria de cidade. Durante décadas, Grão Mogol destacou-se como a mais importante cidade da região Norte Mineira. O processo de decadência da exploração das minas de diamantes, ocorrida especialmente após a década de 1960, coincidiu com a emancipação de parte do território de Grão Mogol e com a criação dos novos municípios de Itacambira, Cristália e Botumirim.

Ainda nesse período, a falta de oportunidade de emprego fez com que os moradores locais iniciassem um processo de migração em direção às cidades próximas e à grandes centros urbanos como São Paulo. Com isso a cidade estagnou no seu crescimento e a sua população residente decresceu. No entanto, o conjunto de prédios históricos e as manifestações culturais continuam como heranças marcantes daquela época, preservadas pelo tempo, constituem-se em atrativos turísticos potenciais para o município.

Grão Mogol “ O diamante do Sertão Norte Mineiro”

Venha conhecer Grão Mogol e encante-se pelas belezas naturais e histórico-culturais que fascinam, seduzem e retratam séculos da história local. Caminhe pelas ruas que preserva seu traçado original, estreitas e calçadas de pedras.Conheça a Igreja matriz de Santo Antônio, toda erguida em pedras pelas mãos dos escravos. Visite o Parque Estadual de Grão Mogol, com aventura pela trilha do Barão de exuberante cerrado, onde vivem diversas espécies da fauna e flora.

Todo trajeto construído pelos escravos com pedras sobrepostas, pequena gruta abaixo da trilha, passarelas suspensas, mirantes e belas paisagens naturais e um delicioso almoço de fazenda, com pratos e doces regionais servidos no fogão à lenha estarão lhe aguardando. Faça uma agradável e leve caminhada pelo cerrado até chegar à cachoeira Véu das Noivas, excelente local para banhos. Em seguida, visite a Praia do Vau, localizada as margens do rio Itacambiraçu, oferece a possibilidade de tomar banho de rio, passear entre pedras, se divertir nas corredeiras do vau em um bote, rapel no canyon do vau e visita a Capela do Vau, toda erguida de pedras.

Fonte: Diná Costa

©2010 Todos os Direitos Reservados

Prefeitura Municipal de Grão Mogol - MG - Brasil


Desenvolvido pela 4WAY Web Solutions